Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de julho de 2012

Mudança de escola

O meu filho vai fazer 3 anos e o nosso apartamento (comprado na planta) ficou pronto. É um sonho realizado, mas com uma consequência difícil: tenho que mudar o Leo de escola!


Nunca pensei que esse dia fosse chegar... Escolher outra escola me levou de volta aquela busca difícil do "lugar ideal" para deixar meu filho.


E como é difícil esse lugar ideal!


E vem as perguntas: vai ser a escola definitiva? Vai ser bilíngue? Vai ser a melhor classificada no Enem? A mais perto de casa? A mais famosa? A mais tradicional? A maior? A menor? Pirei!


São muitas escolhas! E como eu amo a escola atual do meu filho, a comparação foi inevitável! Visitei muitas, mas nenhuma era igual a dele, porque igual a dele só existe ela... Então parei de comparar e fui buscar uma escola onde eu me sentisse bem. A lógica é simples: seu eu gostar o meu filho também vai gostar! E mais tarde eu penso no Enem e no bilíngue, porque essa é uma decisão que não precisa ser tomada agora.
Um dia eu vou ter que pensar nisso, mas essa decisão é mais dele do que minha.


É claro que eu sofri com a separação. Penso todos os dias nos melhores amigos, o Luizinho e a Luisa,  que quando voltarem das férias não encontrarão mais o Leo. Mas vou tentar manter o contato, principalmente porque adoro os pais deles. Vou sentir saudades, ainda mais porque os amiguinhos engatinharam juntos, aprenderam a andar juntos, a falar, a correr, a pular e tantas outras lembranças inesquecíveis que para sempre farão parte da história do meu filho.


A pior parte foi comunicar a escola e aos pais, na reunião de encerramento. Chorei! Vou sentir saudades! Mas tenho certeza que o Leo vai gostar da nova escola e novos amigos. Afinal, eles se adaptam melhor que a gente!




segunda-feira, 11 de junho de 2012

Buffet Diferente Para Festa Infantil

Estou procurando um buffet diferente para fazer a festa de 3 anos do meu filho. Descobri uma tendência super natureza para concorrer com os brinquedos eletrônicos barulhentos.
Abaixo vou listar aqueles que encontrei.
Pedi orçamento para quase todos, para uma festa com 50 adultos e 20 crianças. O preço fica entre 8 e 12 mil reais!




Espaço Pindorama - é um dos mais conceituados buffets infantis alternativos de São Paulo. Com ar despojado e estilo rústico, foi eleito pela Revista Época o melhor buffet infantil de São Paulo em 2011. Sua proposta é resgatar a pessoalidade na preparação das festas. Entre suas árvores, passarelas aéreas e lago com peixes, a criançada se diverte com o arvorismo, Casa do Faz de Conta e do Tarzan, tirolesa, escorregadores, cama elástica suspensa e oficinas de arte. No cardápio você pode optar tanto pelos quitutes tradicionais como por uma alimentação diferenciada com aperitivos especiais.



Espaço Vila da Arte - A criançada brinca pra valer. Em cada casinha, há atividades diferentes: fantasias, quitanda, fazendinha, oficinas de mecânica, de construção e de música. Circuito de arvorismo, brinquedão e tirolesa para crianças e adultos. O cardápio oferece delícias assadas, sucos naturais e frutas no palito.

Espaço Zoe - 160 m2 de floresta com teto retrátil, lago com cascata sempre em contato com a natureza.




Inaugurado em 2010 e instalado em um charmoso sobrado da década de 40, o Espaço Buticabeira é considerado o maior buffet infantil a céu aberto de São Paulo. Com mais de dez árvores frutíferas e frondosas distribuídas nos 800 m2 do espaço, o buffet possui uma atmosfera de quintal de casa alegre e descontraído. Entre suas diversas atrações, destacam-se o circuito de arvorismo, o brinquedão de madeira, todo construído em eucalipto tratado, e o ateliê de artes. O cardápio é diferenciado e traz diversas opções saudáveis.





Lá no quintal - Imagine a festa dos seus filhos num espaço lúdico e informal para a criançada brincar pra valer, com um show de mágico ou com recreadores fazendo gincanas e caças ao tesouro, e no cardápio, delícias caseiras como polenta com ragu de carne, souflé de queijo coalho e empada de palmito da vovó, na xícara. Pare de imaginar e conheça hoje mesmo o espaço Lá no Quintal!

Miniland é o mais novo e diferente buffet infantil de São Paulo, trazendo um conceito totalmente inovador, com atrações inéditas, interativas e pedagógicas para que toda a família possa se divertir, em um ambiente mágico e encantador, sem os tradicionais videogames e brinquedos de parque de diversão dos buffets infantis, mas que realmente irão entreter todas as idades!



Espaço Zumba os ambientes remetem à natureza, mas sem perder a neutralidade do espaço, que pode receber qualquer tema de decoração. Detalhes de madeira natural e folhagem dão um ar de modernidade ao ambiente. Os pais recebem destaque no mezanino, de onde todo o Buffet pode ser visto. A natureza também se reflete nos brinquedos, como no brinquedão integrado ao arvorismo e construído com troncos naturais de eucalipto. As crianças se divertem em brinquedos diferentes como a casa do Tarzan, uma cama elástica suspensa no ar e uma cadeira gigante feita de cordas trançadas que gira e balança, na qual adultos também podem brincar. O Buffet também conta com brinquedos modernos como as novas arenas do WII e o simulador em formato de jipe.

Enxoval em Miami - Estados Unidos - Atualizado

Já escrevi um post sobre isso, mas reorganizei para ajudar uma amiga.


Itens imprescindíveis1. Babador descartável Pampers (Não tem no Brasil) – Compre tamanho P e M $14.99
2. Pomada para os seios Lansinoh (Use sempre que amamentar – Compre muitas – aqui chega a R$50) - $7.19
3. Creme para prevenir assadura Destin (É o melhor, compre o roxo, pelo menos 3 potes grandes – Não tem no Brasil) $25.46
4. Creme Destin para levar na bolsa – bisnaga (Compre vários) $10.48
5. Triple Past (Creme para assadura – o melhor).

Pesquise na Amazon, com as palavras em negrito (coloquei o link para algumas):

Philips Avent
1. Escorredor de mamadeira -
2. Aquecedor de mamadeira - $33.99
3. Kit com mamadeiras e esterilizador (Não compre as mamadeiras em separado, porque nesse kit vem tudo) – $99.95
4. Chupeta de 0 a 6 meses (As melhores são transparentes, porque vc consegue ver a boca do bebê) - $5.09
5. Bomba elétrica para tirar leite - $178.23
6. Bico para mamadeira (Existem vários, os melhores são com fluxo variável) – Praticamente só usei esse e não precisei dos outros - $3.99
7. Absorvente para os seios - $9.99
8. Copo de treinamento - $4.99

Safety 1st
1. Kit com escova de cabelo, pente, cortador de unha, etc. $19.99
2. Termômetro para o banho - $ 3.79
3. Aspirador elétrico de nariz (item muito importante) - $19.75
4. Chupeta com termômetro digital (procure na Wallgreens ou na CVS que tem preço melhor. Procure também um termómetro que coloca na sua mão para medir a temperatura do bebê. Parece uma pulseira).

Babá eletrônica
  1. Summer com monitor colorido - $ 129.98
  2. baby sense – Sensor de frequência cardíaca – $ 124,00
Fisher Price1. Cadeira de papá (É leve e ótima para qualquer lugar. É a que mais usamos até hoje) $34.00
2. Jumper – Ótimo para entreter o bebê quando ele ainda não engatinha $87.54
3. Móbile automático - $38.54
4. Estrelinha luminosa com música - $26.95
5. Tapete divertido (muito usado mesmo) - $49.00
6. Cadeira de balanço (Se tiver espaço) - $149
7. Brinquedo para recém nascido (procure brinquedos atoalhados que tem um barulho que parece papel amassado – Newborn toys)- $ 23.74

Cremes
Mustela, mustela e mais mustela: para o bebê (kit banho e hidratante) e creme para gestante (aqui são caríssimos)!

Carrinho de Bebê
Compre pela internet e mande entregar no hotel. É difícil encontrar as melhores marcas nas lojas.
  • Quinny – O preferido das brasileiras - $ 559,99
  • Bugaboo – O mais vendido nos EUA – Similar Uppa Baby Vista Stroller
  • Origami – O mais moderno
  • Bob Revolution – O mais robusto (é para corrida)
  • Orbit Baby – O carrinho da moda e das celebridades - $ 934,99

Se der tempo:Acessórios para o carrinho:
Normalmente esses itens são caros por aqui ou não tem pra vender.

Roupas para grávida
Destination Maternity (http://www.destinationmaternity.com/), que tem coisas com um preço ótimo. Lá eu comprei camisola e pijama de grávida, soutien para amamentar, calcinha de grávida e outras roupas. Esta não fica nos outlets. Fui na loja que fica no shopping Aventura, ao norte de Miami (endereço: 19575, Biscayne Boulevard).

Lojas físicas para comprar coisas de bebê
  • Target (Supermercado)
  • Wallgreens ou CVS (Farmácia)
  • Baby R Us
  • Buy Buy Baby
Lojas físicas para comprar roupas de bebê

Sawgrass - ao norte, na direção de Fort Lauderdale ou Dolphin Mall (Os dois são outlets grandes que ficam longe da cidade).

  • Carter´s – (body e roupas lindas para bebê pequeno)
  • Hartstrings,
  • Gymboree,
  • OshKosh – (bermuda, calça jeans,)
  • Polo Ralph Lauren Children – (camisa polo, casaco, meia, boné)
  • Tommy Hilfiger Kids – (camisa polo, casaco, meia)
  • Gap Kids – (body, camiseta, moleton, vestidos)

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Qual o melhor carrinho de bebê?

Atualizando o post anterior, vou listar umas dicas que dei para minhas amigas:

O melhor carrinho de bebê



Compre pela internet e mande entregar no hotel. É difícil encontrar as melhores marcas nas lojas.



- Quinny – O preferido das brasileiras


- Bugaboo – O mais vendido nos EUA – Similar Uppa Baby Vista Stroller


- Origami – O mais moderno


- Bob Revolution – O mais robusto (é para corrida)


- Orbit Baby – O carrinho da moda e das celebridades


- City Select – Para família que vai crescer


Se der tempo, compre acessórios para o carrinho:


- Capa de chuva


- Casulo para o frio


- Porta trecos


Normalmente esses itens são caros por aqui ou nem tem pra vender.




terça-feira, 29 de maio de 2012

Viagem com crianças - 2 anos

Acabei de chegar de férias e uma ferramenta que me ajudou muito na viagem foi a leitura de blogs de outras mães.
Então vamos as coisas que deram certo:

  1. Explique para a criança o que vai acontecer.
  2. Leve lanches, brinquedos e outros tipos de entretenimento (adesivos, desenhos para colorir, dvd portátil, ipad com aplicativos infantis). Eu tenho um tapete plástico portátil que é ótimo para ser colocado no chão de restaurantes, aeroportos, quarto de hotel, etc.
  3. Pense sempre  que imprevistos acontecem. O tempo muda, a roupa molha, a fralda vaza, etc. Então pense em coisas que podem acontecer e leve uma muda de roupa para a criança e para você. Leve também um casaco leve porque o ar-condicionado pode estar frio.
  4. Tenha a máquina fotográfica sempre a mão. Os melhores modentos podem acontecer quando nós menos esperamos.
  5. Água. Sempre compre garrafinhas de água ou encha o copo preferido da criança.
  6. Leve dois brinquedos preferidos da criança. É fácil controlar quando são apenas dois, que devem ser pequenos o suficiente para caber na bolsa. E se um for perdido, ainda tem outro.
  7. Leve um brinquedo novo escondido. É ótimo para quando todos os recursos estiverem acabado e (ou) a criança estiver dando birra.
  8. Compre uma manta portátil no aeroporto. Elas esquentam e ocupam pouco espaço. Servem para as mudanças bruscas de temperatura.
  9. Se a criança ainda usa carrinho de bebê, leve sempre a capa de chuva. Ela é ótima para evitar o frio também.
  10. Filtro solar é recomendado todos os dias, mesmo quando estiver frio ou nublado.
  11. Manteiga de cacau ou filtro solar labial ajudam em voos longos, porque a boca fica muito ressecada.
  12. Para marcar assentos, chegue cedo e compre o assento conforto ou marque no fundo do avião, no local onde a fila do meio (normalmente de 4 lugares) muda para 3 lugares. O corredor fica mais espaçoso e é perto do banheiro do meio e do fundo do avião. Ideal para crianças em desfralde.
  13. Outra criança é o melhor entretenimento! Se puder faça amizade.
  14. Deixe a criança gastar bastante energia no aeroporto. Brinque de correr, mostre outros aviões, faça qualquer coisa que gaste energia. Desta forma as chances dela dormir no avião são maiores.
  15. Use alcool gel ou lenços umedecidos para melhorar a aprencia dos pequenos.
Coisas que deram errado:

  1. Dormir pouco na véspera da viagem. O bom humor e a paciência ficam reduzidos.
  2. Protetor de pescoço. O Leo não me deixava quieta o suficiente para usá-lo e algumas aeronaves já tem um encosto de cabeça regulável que subsitituem o Fom.
  3. Mochila guia (aquelas que tem uma corda para você segurar o bebê). Meu filho não se adaptou. Se serviu para ele apertar o dedo na fivela.
  4. Novas comidas. No primeiro dia o meu filho almoçou biscoito. Esqueci que eles demoram para se adaptar.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Ser Mãe

Recebi por e-mail no dia das mães esse texto lindo e resolvi compartilhar.

Nós estávamos sentadas almoçando, quando minha filha casualmente mencionaque ela e seu marido estão pensando em 'começar uma família'.

'Nós estamos fazendo uma pesquisa', ela diz, meio de brincadeira. 'Você acha que eu deveria ter um bebê?'

'Vai mudar a sua vida, ' eu digo, cuidadosamente mantendo meu tom neutro. 'Eu sei, ' ela diz, 'nada de dormir até tarde nos finais de semana, nada de férias espontâneas...'

Mas não foi nada disso que eu quis dizer. Eu olho para a minha filha, tentando decidir o que dizer a ela. Eu quero que ela saiba o que ela nunca vai aprender no curso de casais grávidos. Eu quero lhe dizer que as feridas físicas de dar à luz irão se curar, mas que tornar-se mãe deixará uma ferida emocional tão exposta que ela estará para sempre vulnerável.

Eu penso em alertá-la que ela nunca mais vai ler um jornal sem se perguntar 'E se tivesse sido o MEU filho?' Que cada acidente de avião, cada incêndio irá lhe assombrar. Que quando ela vir fotos de crianças morrendo de fome, ela se perguntará se algo poderia ser pior do que ver seu filho morrer.

Olho para suas unhas com a manicure impecável, seu terno estiloso e penso que não importa o quão sofisticada ela seja, tornar-se mãe irá reduzi-la ao nível primitivo da ursa que protege seu filhote. Que um grito urgente de 'Mãe!' fará com que ela derrube um suflê na sua melhor louça sem hesitar nem por um instante.

Eu sinto que deveria avisá-la que não importa quantos anos ela investiu em sua carreira, ela será arrancada dos trilhos profissionais pela maternidade.

Ela pode conseguir uma escolinha, mas um belo dia ela entrará numa importante reunião de negócios e pensará no cheiro do seu bebê. Ela vai ter que usar cada milímetro de sua disciplina para evitar sair correndo para casa, apenas para ter certeza de que o seu bebê está bem.

Eu quero que a minha filha saiba que decisões do dia a dia não mais serão rotina. Que a decisão de um menino de 5 anos de ir ao banheiro masculino ao invés do feminino no McDonald's se tornará um enorme dilema. Que ali mesmo, em meio às bandejas barulhentas e crianças gritando, questões de independência e gênero serão pensadas contra a possibilidade de que um molestador de crianças possa estar observando no banheiro.

Não importa o quão assertiva ela seja no escritório, ela se questionará constantemente como mãe.

Olhando para minha atraente filha, eu quero assegurá-la de que o peso da gravidez ela perderá eventualmente, mas que ela jamais se sentirá a mesma sobre si mesma. Que a vida dela, hoje tão importante, será de menor valor quando ela tiver um filho. Que ela a daria num segundo para salvar sua cria, mas que ela também começará a desejar por mais anos de vida, não para realizar seus próprios sonhos, mas para ver seus filhos realizarem os deles.

O relacionamento de minha filha com seu marido irá mudar, mas não da forma como ela pensa. Eu queria que ela entendesse o quanto mais se pode amar um homem que tem cuidado ao passar pomadinhas num bebê ou que nunca hesita em brincar com seu filho. Eu acho que ela deveria saber que ela se apaixonará por ele novamente por razões que hoje ela acharia nada românticas.

Eu gostaria que minha filha pudesse perceber a conexão que ela sentirá com as mulheres que através da  história tentaram acabar com as guerras, o preconceito e com os motoristas bêbados.

Eu espero que ela possa entender porque eu posso pensar racionalmente sobre a maioria das coisas, mas que eu me torno temporariamente insana quando eu discuto a ameaça da guerra nuclear para o futuro de meus filhos.

Eu quero descrever para minha filha a enorme emoção de ver seu filho aprender a andar de bicicleta. Eu quero mostrar a ela a gargalhada gostosa de um bebê que está tocando o pelo macio de um cachorro ou gato pela primeira vez. Eu quero que ela prove a alegria que é tão real que chega a doer. O olhar de estranheza da minha filha me faz perceber que tenho lágrimas nos olhos.

'Você jamais se arrependerá', digo finalmente. Então estico minha mão sobre a mesa, aperto a mão da minha filha e faço uma prece silenciosa por ela, e por mim, e por todas as mulheres meramente mortais que encontraram em seu caminho este que é o mais maravilhoso dos chamados. Este presente abençoado de Deus... que é ser Mãe.”

(Autoria Desconhecida )

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Melhor bolsa de bebê

Li umas dicas sobre bolsas de bebê para viagens e dia-a-dia e gostei muito do que a autora  disse: "mães tem que ter as mãos livres para segurar o bebê e não pode parecer um burrinho de carga". Pensei: "Eu pareço um burrinho de carga!" Uso sempre essas bolsas com alças (que ficam ridículas no meu marido) e ainda levo a minha bolsa pessoal.

É claro que a bolsa do bebê fica pendurada no carrinho a maior parte do tempo  ou fica com a babá. Mas quando estou sozinha, é muita coisa para carregar. Além disso, meu filho está cada dia mais pesado.

A situação piora em viagens de avião. O carrinho na ida vai até a porta, mas na volta (quase sempre) vai para a esteira. E no exterior, a esteira é sempre bem longe!!! E chegar até lá, com o bebê no colo, duas bolsas e os brinquedos é um grande desafio. Não dá para ser elegante nessa hora!
Então, descobri essa bolsa linda, que na verdade tem grande diferencial: é uma mochila também.
Tem compartimentos para tudo, e foi super bem bolada!







A marca é Simple Good e vende quem vários lugares: Bebê Mix, Alô Bebê, Submarino, BB Trend, etc.
O melhor é o valor, cerca de R$ 200,00. Não é maravilhosa? Comprei uma cinza, que combina com o carrinho e o meu marido pode usar como mochila, sem parecer ridículo.

sábado, 31 de março de 2012

Bolsa para bebê

Quando estava andando no famoso shopping Bal Harbor em Miami, fiquei observando as mães chiquérrimas que frequentavam o local. Além dos mais modernos carrinhos de bebê, elas tinhas bolsas (diaper bag) das marcas mais famosas, como Louis Vuitton, Prada, Gucci, Chanel, Michael Kors, Marc Jacobs e Burberry.


Procurei na Internet e descobri que algumas foram edições limitadas e outras ainda são possíveis de serem encontradas, é claro, acompanhando os preços das suas marcas.

Ainda existe a opção de encontrá-las no e-bay, usadas, mas com preços de bolsas ainda caros, como $2000,00 por uma Vuitton
.











No Brasil, achei apenas réplicas, mal feitas, sem o glaumour das bolsas originais. Agora é esperar o segundo bebê para ver se ganho uma de presente do maridão! 

segunda-feira, 26 de março de 2012

Qual é o melhor carrinho duplo de bebê?

Como falei anteriormente, estou procurando um carrinho de bebê duplo.
Achei alguns sites bem legais que trazem um ranking dos melhores carrinhos duplo de bebê.

Segundo o site Babble (http://www.babble.com/products/pregnancy-products/best-double-strollers-jogging-baby-jogger/), os melhores são:

Babble Best: Double Strollers - Babble Best Picks



Baby Jogger City Select
Britax B-Ready
Bugaboo Donkey
Bumbleride Indie Twin
Chicco Cortina Together
Combi Twin Sport
Graco Quatro Tour Duo Double Stroller
Jeep Traveler Tandem Double Stroller
Joovy Ergo Caboose Double Stroller
Joovy Ultralight Caboose
Maclaren Double Denim
Maclaren Twin Triumph
Mountain Buggy +one
Phil & Teds Explorer Double Stroller



Phil + Teds Verve
Schwinn Turismo Double Swivel Wheel Jogger
Valco Baby Ion for 2
Valco Baby Trimode Twin EX



Outras sugestões também podem ser encontradas nos sites:

http://www.yourbabyadvice.com/
http://www.squidoo.com/top-10-double-strollers
http://www.consumersearch.com/double-strollers

Location:São Paulo

Lancheiras legais

Todos os anos quando tenho que comprar uma lancheira, faço uma busca por lancheiras diferentes e inovadoras.


O meu filho se apaixonou pelo cachorrinho, mas acabei comprando para ele outro tipo.

Encontrei umas verdadeiramente lindas:


Tem algumas com o tema de bichinhos, que fazem conjunto com a mochila:


Acho importante ter uma lancheira diferente até para facilitar na hora da criança encontrar a sua e distingui-la das outras. Sempre fui contra modismos e temas muito comuns justamente por causa disso. Por exemplo: já imaginou que chato um coleguinha ter uma lancheira igual a do seu filho? Que confusão isso pode gerar! 

O único problema desses modelos é que dá vontade de ter todos!

Carrinho Duplo

Estive procurando um carrinho para dois, imaginando ter o segundo filho e esperando o meu filho crescer.
Tudo bem que ele não fica mais tanto tempo no carrinho, mas ainda dorme depois do almoço e se cansa facilmente em passeios.
Depois de uma pesquisa, me apaixonei por esse:





Esse carrinho é ideial para crianças pequenas e maiores (até 4 anos). Como o meu filho está com 2,5, o carrinho atual está pequeno.
Fiz uma pesquisa na Amazon e descobri que custa em torno de $655,00.
http://www.amazon.com/Baby-Jogger-81260KIT2-Select-Stroller/dp/B004I6UGFG/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1332769026&sr=8-1

Agora só o falta o segundo bebê!