Pesquisar este blog

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

O chá de bebê

Como eu falei, sou de Brasília e minha família e amigos são de lá.
Estou a pouco tempo em São Paulo e fiquei sem graça de fazer uma chá de bebê com os colegas do escritório e os amigos do meu marido.
Estão resolvi pular essa parte.
Uma colega me deu uma grande ajuda com uma lista enorme da Alô Bebê (www.alobebe.com.br). Ela me deu várias dicas do que era importante e do que poderia esperar.
Também tive ajuda para escolher as roupas. Fui em duas lojas: na própria Alô Bebê e no Brás. As roupas no Brás tem um preço ótimo, cerca de 40% a menos que no shopping e de marcas muito boas.
E por falar nisso, eu ainda estou aprendendo sobre marcas para bebês: mini-noruega, tip-top, chicco, bicho molhado, puc, etc...
Pra ser bem sincera eu nunca tinha ouvido falar de nenhuma delas.
Aqui estão algumas dicas:
  1. O Bebê cresce muito rápido, então compre poucos exemplares de RN (Recém Nascido)
  2. Compre várias marcas de fraldas para testar: o bebê pode ter alergia a algumas marcas.
  3. Fique de olho na estação que o bebê vai nascer. Como eu fiz compras em julho, estava muito frio e eu só queria comprar roupas de plush. O bebê iria nascer na primavera, com o tempo bem mais quente e as roupas deveriam ser mais leves.
  4. A mesma dica vale para os tamanho maiores. As roupas tamanho M seriam usadas no verão e deveriam ser mais leves e sem manga.
  5. Veja se os bordados são forrados por dentro, senão podem arranhar o bebê, ou pior, ter que ser usado com um body por baixo.
  6. Pergunte se após lavar o tecido desbota ou dá bolinha. As roupas ficam feias demais...
  7. Não compre sapatos. os bebês não andam e usam mais meias do que sapatos. Pode ter um ou dois para ficar bonito na foto.
  8. Lembre-se que o bebê recebrá muitos presentes, inclusive roupas, então não exagere!

Nenhum comentário:

Postar um comentário