Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Estar grávida

 

A gravidez para mim foi maravilhosa: eu não tive enjôos, indisposição, desejos absurdos, nada...
A única coisa que eu senti foi sono, mas considerando que eu sempre fui dorminhoca, isso não fez muita diferença :)
O mais legal de "estar grávida" é o tratamento especial que as pessoas dão a você. De repente, todo mundo te cumprimenta, pergunta sobre o bebê, fala do tamanho da barriga, dão conselhos e etc. É muito legal se sentir "especial".
Eu, particularmente, sempre odiei grávidas, achava a barriga feia, o corpo desforme e costuma brincar com minha amiga Júlia dizendo que grávidas parecem sapos que ficaram em pé...
Confesso que tinha vergonha do meu corpo, apesar de ter engordado apenas 11,5 Kg em toda a gravidez! As roupas não serviam e eu ficava com pena de comprar roupas novas para usar tão pouco tempo. Mas não teve jeito; fui as compras. Descobri, sem querer, uma loja fashion no Bom Retiro, na Rua dos Italianos, bem atrás da famosa José Paulino. A loja fica de roupas chama Menina e Meninas e fica ao lado de uma loja de bebês. As roupas são lindas, com muitas opções para a grávida se sentir bem com o corpo. Foi a minha salvação.
Quanto a "percepção" da gravidez, eu só me senti grávida de verdade aos 5 meses, quando a barriga ficou enorme e eu comecei a sentir os mevimentos do bebê. É uma sensação estranha saber que ter um ser vivo dentro de você. Minha amiga Tati em disse que as pessoas acham a gravidez divina, algo sagrado, e ela se sentia mais como naquele filme Alien, o oitavo passageiro :) tenho que concordar com ela !!!
Existem inconvenientes na gravidez, como a vontade de ir ao banheiro toda hora e o cansaço para fazer algumas atividades. Eu me sentia bem disposta até o sexto mês. No sétimo eu já não mais a mesma pessoa... e tinha tantas coisas para resolver antes do bebê nascer....
Acho que a pior parte da gravidez e o fato de não poder viajar de avião depois do sexto mês. Estive em Brasília nessa época e quase não pude embarcar para voltar a São Paulo. Assinei muitos papéis antes de entrar no avião. O texto é bastante intimidador !!!
No final da gravidez, a pior parte é não conseguir dormir direito por vários motivos: o bebê mexe demais, dá vontade de ir ao banheiro, é difícil encontrar uma posição agradável para dormir, etc...
Mas, resumindo, eu gostei muito de estar grávida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário