Pesquisar este blog

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Dicas de atividades para crianças nas férias de julho de 2016 - São Paulo

As férias de julho estão chegando e sempre procuro atividades para o meu filho. Agora ele está com 6 anos e como todo filho único quer companhia!

Como ele está numa fase que já lê e adora games, encontrei três lugares bem legais:

1 - MadCode - http://www.madcode.com.br/



2 - FuturaCode - http://www.futuracode.com.br/



3 - MundoMaker - http://www.mundomaker.cc/



As atividades são pagas por semana, com 2 a 4 horas por dias, com preços que variam entre R$ 550,00 e R$ 700,00.

Passeios com a família

1 - Passeio de ônibus turístico (museus)


2 - Instituto Butantã





3 - Jardim Botânico


4 - Jardim Zoológico





5 - Catavento (destaque para a apresentação de química)


Programação de férias - http://www.cataventocultural.org.br/noticias/f%C3%A9rias-no-museu-catavento





6 - Parque Sabina




7 - Museu biológico (na Tutóia)





8 - MIS (museu da imagem e do som) - exposição do XMen (até 3/7)




9 - Instituto Tomie Ohtake - Picasso (até 14/08)



10 - Aquário de São Paulo






Boas férias!!!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Dicas de Hotel Fazenda em SP com criança

Esse post vou escrever para deixar pronto para as outras mães que vivem me pedindo indicações.

Vou falar apenas dos lugares que eu conheço e gosto (significa: voltaria de novo).

1. Hotel Fazenda Mazzaropi

O lugar é rústico, cheio de bichos e com muitas atividades para crianças. Meu filho adorou.
A gastronomia é simples. O restaurante tem comida variada, mas com uma tendência mineira. A equipe é muito prestativa e atendem pedidos especiais, tipo fazer um bife ou um peixe especial para atender as crianças. E tem cozinha para as mamães.
A adega é pobre (inexistente), mas o barman é bom na elaboração de drinks.
A equipe de recreação é nota 10!
Como adulta fiquei entediada e dormi boa parte do tempo!

2. Hotel Villa Rossa

Atualmente é meu queridinho!
Foi uma grata surpresa. Achei na internet e amei!.
É um pouco mais sofisticado que o Mazzaropi.
O ponto forte é a recreação para os adultos. Fiz uma caminhada maravilhosa pela enorme área do hotel. Tem tirolesa, muitas salas para as crianças, uma piscina aberta e outra coberta, além de uma academia de dar inveja!
Os quartos são espaçosos e silenciosos (desde que você fique longe do restaurante)!
A recreação é ma-ra-vi-lho-sa! Chegamos a noite e meu filho foi muito bem recebido! Após o jantar ele saiu para brincar e retornou as 22h exausto.
Tem restaurantes perfeitos e uma vista incrível!
Além disso tem a opção de ir jantar no cascudo (mediante reserva). Adega de primeira linha!
Tem tantos lugares legais para ficar que tive que voltar mais de uma vez.

3. Hotel Recanto da Paz

Outro lugarzinho que achei na internet.
É um charme. Ficamos na casa grande e não nos chalés.
É lugar tão bonito que o ponto forte é a realização de casamentos (mini wedding).
A pensão completa é uma delícia. A equipe é muito simpática e prestativa. 
Bons vinhos e comida excepcional!
Muitas áreas para a recreação. Meu filho foi muito bem tratado porque tinha poucas crianças.
Aceita animais de pequeno porte.

4. Hotel Toriba

É, de longe, o mais caro de todos. 
Lugar lindo e chiquérrimo!
Ao contrário dos outros, fui no verão para Campos do Jordão.
A piscina é especial. Até de noite!
O quarto não tem ar, nem ventilador, Então achei um pouco quento, mas nada que incomodasse.
A equipe de recreação é profissional! Muito boa!
Eu mal vi meu filho :(
Tem opções de restaurantes, mas com cardápio de inverno.
A carta de vinhos é boa (e salgada).
Nas áreas comuns bebemos nosso próprio vinho sem custo extra. Somente no restaurante cobram a rolha.
Tem bicicleta para alugar e uma área verde gigante. 
Muitos lugares legais para estar e ler um livro. Ou simplesmente ficar de bobeira, relaxando.





segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Identificação de crianças

Nada pior que perder de vista seu filho em lugares cheios!

Equipamentos que ajudam:

 SOS ID:  É muito simples e não custa caro. Você pede pelo site e diz que dados quer incluir. (sosid.com.br)
– Guardian: é uma pulseira que se conecta aos smartphones ou tablets e informa, via aplicativo, a localização exata da criança. O aparelho ainda emite um alerta quando ela se afasta de um perímetro determinado pelos pais. (beluvv.com)
– Mommy I´m Here Child Locator: o gadget vem com duas peças, uma em formato de ursinho para ser acoplada no sapato ou cinto da criança, outra em formato de chaveiro que fica com os responsáveis. Quando a criança se afasta, basta acionar o botão no chaveiro que o dispositivo na criança emite um alarme sonoro, permitindo localizá-la. (mommyimhere.com)
- Tatuagem a prova d'aqua: o kit vem com 12 unidades, com opções de uma ou duas linhas. Aplicação simples e duradora. Ideal para praia e parques aquáticos. (Safetytat)

Algumas Dicas:
- Tire uma foto da criança antes de sair de casa (ou do hotel). Assim você se lembrará que roupa ela está usando.
- Mostre os policiais e seguranças do local e ensine a criança a dizer o nome e nome dos pais.
- Na falta de policial, oriente a criança a pedir ajuda para outra mãe.
Combine não sair dos locais.
- Mostre os locais onde informações podem ser pedidas. É um bom ponto de encontro.
- Não entre em pânico e procure ajuda rapidamente!

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

FIV - A perda

Depois de 11 semanas perdi o embrião.
Nem preciso dizer que leve mais de 6 meses para escrever isso sem chorar :)
Acho que a pior coisa que pode acontecer depois de tanta expectativa é isso! Passei as festas de final do ano grávida. Comprei quase tudo. Que louca! E depois a perda...

Li muitos depoimentos de pessoas na internet, contando histórias similares. Tenho 42 anos e estou na etapa final da fertilidade, com chances de engavidar  abaixo de 1%  (segundo meus exames). É um fato! Não posso mudá-lo. Mas posso mudar o que sinto a respeito da perda. Não era para acontecer. Não era para eu ter um bebê. Não agora!

Eu ouvi o coração bater. Eu e meu marido choramos de emoção no consultório do médico. Nunca vou me esquecer disso. Recentemente visitei um bebê concebido na mesma época na minha fertilização. É muito triste!!!

Além disso tem o investimento físico, financeiro, emocional, hormonal e psicológico. Não tem como dizer que é fácil, porque não é. E é muito frustrante quando dá errado.

Para esquecer resolvi não pensar mais sobre isso. Transformei o terceiro quarto em escritório. Terminei a decoração do apartamento, viajei muito, voltei para o inglês e estou exausta de tanto tabalhar.

E assim a vida continua....

E meu marido esses dias falou: "Vamos tentar de novo?"





terça-feira, 25 de novembro de 2014

Lista de Desejos - Enxoval em Miami

Já escrevi dois posts sobre enxoval em Miami 
Como vou ter que voltar lá, segue a minha lista de desejos, como novidades para o enxoval e outras cositas mais!
Meu desespero é não poder trazer tudo que eu queria, como mini berço, banheira, etc!

Vamos lá:

1) Bomba de tirar leite - Swing Medela

2) Mamadeiras
Li um post ótimo sobre mamadeiras no blog Mamãe Adora.
E escolhi a Dr. Brown. O Leo não usou mamadeira e tive que doar uma coleção de Avent!
Vou tentar outra marca!

3) Bercinho portátil


4) Cadeirinha portátil de alimentação


5) Termômetro de chupeta

6) Roupas - Lista completa - A melhor que encontrei foi no Blog Mãe Preguiçosa

7) Malas
Estou apaixonada pela Rimowa Salsa Air UltraLight.
Além de leve, tem 4 rodas, puxador alto e é rígida!



8) Alfândega e Malas
Importante dica da Paula Laffront: Como organizar as malas


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

FIV - O Resultado

No dia 19 de novembro (D12) acordamos cedo, com a maior expectativa e fomos ao Fleury fazer o beta.
Meu marido estava mais ansioso que eu :)
Tive cólica, seios inchados, humor de TPM, tudo hormonal!
Mas levei a vida o mais normal possível.
Li no Blog de uma garota que na primeira FIV ela ficou de repouso absoluto e na segunda ela saiu da clínica para o churrasco. E obteve sucesso.
Trabalhei normalmente durante os doze dias após a transferência. Só evitei carregar peso.
Às 15h, chegou o email informando que o resultado estava pronto.
Lembrei do meu médico dizendo que qualquer coisa acima de zero é positivo.
Foi 142 ui/L. POSITIVO!
Minha vontade era de comemorar, mas estava no trabalho e não pretendo contar para ninguém até completar 12 semanas e sair da fase de risco.
Meu médico me mandou continuar com a medicação e repetir o exame dois dias depois.
O beta HCG tinha que, pelo menos, dobrar.
Resultado no D14 foi 335,5. Ufa!
Agora é aguardar a consulta no dia 03 de dezembro para descartar a possibilidade de gravidez ectópica.
Até lá, estou lendo um monte de livros, organizando armários e me ocupando o máximo que posso.
Sem falar no sono, que sono!!!

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

FIV - A espera

Depois da transferência fiquei em casa de repouso e procurei ficar de repouso no final de semana.
Mas quem é mãe sabe como é difícil!
Para piorar meu marido teve uma intoxicação alimentar e complicou tudo.
Mas sobrevivi!
A contagem começa novamente no dia da transferência.
Na segunda (D3), voltei ao trabalho como se nada tivesse acontecido. Procurei manter uma alimentação mais saudável e evitar esforço. Mas é complicado. Acho que se eu esquecer é mais fácil.
Acredito que a pior parte é a ansiedade para o Beta.
Meu médico marcou para o dia 19/11. 
Vou esperar....